Correção oclusal para “tratar” bruxismo do sono? Não.

Nessa semana fui marcada novamente em um post odontológico… O colega que me chamou atenção é um ex-aluno, mestre em DTM/DOF e o post era de um consultório de uma outra colega que discorria sobre bruxismo do sono infantil e, entre outras coisas, o texto dizia que crianças com bruxismo  precisavam fazer correção oclusal… Huuum…

Essa afirmação está equivocada quando analisada à luz das pesquisas mais recentes sobre bruxismo do sono. E olha que nem todas tão recentes assim… Em 1995, Vanderas e Manetas publicaram uma revisão bastante interessante no Pediatric Dentistry e já chamavam atenção para isso. Concluíram os autores: “early treatment of occlusal conditions to prevent bruxism is not scientifically justified” .

Ref: Vanderas AP, Manetas KJ. Relationship between malocclusion and bruxism in children and adolescents: a review. Pediatr Dent. 1995;17(1):7-12.

Já mencionei em outro post aqui no blog sobre a origem central dessa condição – Bruxismo do sono é fisiológico na infância? Será?.  Assim, não faz o menor sentido corrigir oclusão ou trabalhar músculos para cuidar da criança bruxômana, e nem recursos ortodônticos ou ortopédicos estão indicados para essa abordagem.

sleep bruxism child hispanic

A propósito… Mas qual o principal problema dessa informação andar solta por aí?  Ela faz com que pacientes sejam submetidos a tratamentos desnecessários!  E não pode!!! Existe custo financeiro e custo biológico envolvidos nessa situação.  Conceito para ser estudado: Prevenção Quaternária. Prevenção Quaternária é definida como o conjunto de ações que visam evitar danos associada às intervenções médicas e de outros profissionais da saúde como excesso de medicação ou procedimentos desnecessários.

Sugiro outra leitura interessante sobre o assunto publicado no International Journal of Health Policy and Management : clique aqui.

angry girl

Quer fazer abordagem adequada ao paciente com bruxismo? Precisa saber fazer diagnóstico, saber etiopatogenia, fatores associados e só depois o famoso “o que que eu faço…”. Tema amplo, impossível ser resumido e passado como uma receita de bolo sem que haja discussão crítica sobre as informações científicas.

Ou seja, estudar, estudar, estudar… Nesses tempos onde a ética está sendo tão exigida dos governantes, que tal fazermos nossa parte? Tratamento desnecessário nem pensar! Mínima intervenção sempre e estudar para oferecer Prática Clínica Baseada em Evidência , que é a conduta mais adequada para os cuidados em Saúde 😉

E para fechar o post, queria falar sobre minha alegria de ter estado no México na semana passada, em um Congresso de especialidades, palestrando sobre DTM, Bruxismo e Evidências Científicas.  A agenda ainda incluiu um worshop sobre placas e uma entrevista para a mídia leiga.  Ufa, ufa…  cansei mas fiquei feliz. 😀
Lindo país de pessoas hospitaleiras!

montagem méxico

Mas a mala daqui a pouco vai sair de casa de novo… Dia 01/abril (não é mentira!!!) Eu e o Fausto Mendes estaremos no Nordeste, mais precisamente em Aracaju para conversar  sobre esses temas … 😀
E… #vamoquevamo estudando sempre!! 😉

aracaju - protesto

4 comentários sobre “Correção oclusal para “tratar” bruxismo do sono? Não.

Deixe uma resposta para Katia galdi Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s